Sábado, 30 de Dezembro de 2006
Hipocrisia sem Fronteiras

Reajo com indignação ao enforcamento de Sadam e mais ainda à hipocrisia do Senhor Bush, quando diz que é mais um passo a favor da Democracia. Absurdo !!!!!

Estúpido homem. A democracia tem em vista o bem estar e não a morte. Se o apanhasse a ele e lhe fizessem o mesmo, também era em prol da democracia? Ou não se colocaram os carrascos ao mesmo nível do codenado? aquele homem continua a ter o pensamento dos antigos cow boys!



publicado por oserrano às 12:30
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Silva Coutinho a 31 de Dezembro de 2006 às 13:00
-Olá RAUL:
Faço minhas as tuas palavras.A História ainda há-de definir, quem fez mais mal àquele povo,que continua a sofrer as maiores atrocidades em nome da tal democracia do Senhor BUSH.

Feliz ANO NOVO para ti e restante família.
Um grande abraço
GINO


De oserrano a 31 de Dezembro de 2006 às 14:37
Meu caro Gino :
A Sociedade em que vivemos tem dois tipos de regras: as ancestrais que, como o nome indica vêm dos nossos antepassados e as modernas, plastificadas, com mais ou menos botox ou etiqueta.
As velhas, as ancestrais, serviram para orientar várias gerações, dando-lhe padrões de comportamento, quer cívico ou moral. Serviram, no fundo, como alicerce para que as diversas gerações traçassem um rumo. Pode-se contestar que eram limitadoras de liberdade mas, consegue-se no mundo actual, em constante mutação traçar as fronteiras dessa mesma liberdade? Ou, quando eu falo em fronteira, não estou eu próprio a limitar o espaço de liberdade? Então...ela, a liberdade...não tem fronteiras e acaba por cair num qualquer buraco, que não estava assinalado e...não tem forças para sair de lá! A segunda, adquirida por força de usos e costumes modernos é como a moda. Serve padrões conforme as conveniências.
Numa perspectiva de futuro, bem estar, modernidade etç etç vi com muito bons olhos a Comunidade Europeia. Aproximação entre pessoas e culturas, como forma de convívio e entreajuda, sem que cada povo perca a sua própria cultura. Eu que hoje assumo a tempo inteiro ser pintor, olho para uma qualquer tela e não quero copiá-la, mas antes estudá-la e tirar conclusões para os meus trabalhos.
Hoje, vejo que a dita Comunidade foi feitas por interesses comerciais e não humanitários ou culturais!
Mas, a culpa é nossa, só nossa e eu assumo individualmente, porque olhamos somente para a frente e esquecemo-nos do que para trás fica.
Um abraço e melhor novo ano!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


posts recentes

...

A Serra da Azinheira

Muito sofre quem é pobre

Cães de raça Portugueses ...

...

Quo Vadis, meu País!

É bom sermos quem somos.

Hipocrisia sem Fronteiras

Pois que seja NATAL

Carro da marca OPEL...NÃO...

arquivos

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds