Sábado, 30 de Dezembro de 2006
Hipocrisia sem Fronteiras

Reajo com indignação ao enforcamento de Sadam e mais ainda à hipocrisia do Senhor Bush, quando diz que é mais um passo a favor da Democracia. Absurdo !!!!!

Estúpido homem. A democracia tem em vista o bem estar e não a morte. Se o apanhasse a ele e lhe fizessem o mesmo, também era em prol da democracia? Ou não se colocaram os carrascos ao mesmo nível do codenado? aquele homem continua a ter o pensamento dos antigos cow boys!



publicado por oserrano às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 23 de Dezembro de 2006
Pois que seja NATAL

É tradicional, nesta altura desejar Bom Natal, Boas Festas, clamar por Paz, Saúde e outras coisas! Bom, também o faço, quer para manter a tradição e, também porque, muito sinceramente o desejo a toda a gente, indiscriminadamente . Porque viver é um direito, que só nos abandona, quando perdemos o direito ..."de por cá andarmos", enquanto outros direitos, tidos e proclamados como adquiridos, só o são quando a outros convém, nem que seja para reclamar o direito de proclamar o direito de tirar direitos, julgados adquiridos. Bom, mas também não será tema para tempo de Natal, em nome da PAZ e outras coisas.

É interessante ver o semblante das pessoas que tradicionalmente se deslocam para junto das suas famílias, para festejar o Natal. Não é o mesmo que apresentam quando o fazem, por altura do verão, então mais extrovertidos, mais folgazões, até com um ar gingão . Não, nesta altura vêm mais comedido, mais discretos, mais socialmente saudáveis. Talvez porque o frio os amacia, ou porque o ambiente de convívio é mais dirigido para a família, à volta das chamas da lareira e tagarelando sobre os problemas locais e, entretanto entre mais um copo e uma rabanada, já a madrugada vai alta e são horas de ir à missa, para ver, ser visto e porque não, agradecer a Deus mais um Natal. Há como que um regressar às raízes, às tradições, usos e costumes, ao carinho familiar. O ar folgazão apresentado no verão, muda para um ar mais doce e feliz.

É Natal. Pois que seja e por muitos anos e, como seria belo, se todos os dias fossem de Natal, para toda a gente, não como direito adquirido, mas como direito próprio de ser humano, que um outro qualquer humano não pudesse retirar.

Que seja Natal para todos e por muitos e longos anos.



publicado por oserrano às 18:48
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006
Carro da marca OPEL...NÃO! Um abraço Azambuja.

 Prepara-se uma comunidade, com as suas crenças, as suas tradições para celebrar o Natal! Creio que, para nós Portugueses será inanimemente aceite, acima do atrás exposto como a Festa da Família. São milhares de Portugueses espalhados por esse mundo que fazem um sacrifício extra para vir "passar o Natal com a Família" e com eles trazem prendinhas para todos, mas essencialmente a alegria de "estar em família". E é uma festa alegre, de extravasamento de contentamento em que as agruras são esquecidas por alguns dias!

 É precisamente nesta altura que uma Multinacional, sempre atenta às emoções do mercado, às pequeninas coisas que podem influenciar a imagem de marca, porque disso dependem milhões de lucro (obviamente...) decide fechar a Fábrica da Azambuja,  lançando milhares de famílias para o desemprego! Não se preocupou com a sua imagem, mas pior que isso, não se preocupou com a imagem de tristeza, incerteza, dor , mágoa de centenas de Famílias que vão comemorar o Natal. Não se preocupou com os Pais, que de certeza vão tentar transmitir aos seus filhos uma alegria que não sentem dentro de si, vão dizer que para o ano o Pai Natal vai voltar, quando não têm a certeza se passará por ali, pais que estarão angustiados quanto ao futuro, enquanto uma MULTINACIONAL ...de certeza que tem futuro, independentemente da miséria que para trás fica. Mas, de certeza que os Administradores vão TER UM NATAL FELIZ

 recebeu fundos comunitários! Deixa despojos comunitários! Foi considerado, em tempos, " Carro do Ano". Deixa, em PORTUGAL a "miséria do Ano" e por aí vai, orgulhosa e segura para meia dúzia de quilómetros aqui ao lado, como ratazanas a fugir de um temporal, como coelhos a fugir de uma qualquer toca, ao primeiro tiro...!

Multinacional Alemã, de uma Alemanha que quer a todo o custo ser líder de uma Comunidade Europeia ! Que lindo exemplo! À custa de quê, por cima de que destroços?

Que faz Durão Barroso, Português e Transmontano? Vir cá de férias...!

Que faz Sócrates, Português e transmontano? Ir de férias à Alemanha...?

E eu...? JURO, lembrar-me desses Portugueses entristecidos no Natal e...JURO...nunca comprar nada que tenha a marca OPEL.

Um grande abraço de conforto para as famílias da "defunta marca opel ", na AZAMBUJA.



publicado por oserrano às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006
Por causa de uma Carolina

Não consigo perceber porque é que, em Portugal, há a tendência de glorificar a mediocridade!Compra-se o Jornal diário e, na capa: Carolina.Liaga-se o televisor à hora do telejornal e: Carolina.Depois, bom é um desenrolar de notícias do dia anterior. Será que nada mais se passa neste País? Fique, desde já claro que não o defwendo a ela ou a ele. De modo algum me vou meter no meio do que "uma cama juntou"!Quem as faz que as desfaça e, na minha opinião isto é tudo uma forma de pressão, como se a honra deste País estivesse de um dos lados. Estou farto de Carolinas, Zé Cabras, Castelo Brancos e outros exemplares que por aí proliferam que servem, isso sim para vender jornais e revistas cor de rosa. Preocupa-me muito mais, isso sim, a quantidade de fábricas a fechar e o consequente desemprego, a quantidade de jovens que, embora licenciados precisam de sobreviver e que quando procuram um trabalho, ouvem " desculpe mas não dá, porque tem...qualificação a mais para este lugar...!" Preocupam-me os casais jovens que não têm como pagar a prestação da casa ao Banco, dinheiro para comer, quanto mais pensarem em filhos! Preocupam-me os desempregados, já com alguma idade que não sabem o que fazer à vida, quase no fim dela! Mas, em contrapartida, devem estar felizes agora os ricos, sós, orgulhosamente sós, sem ter uma classe média que, limpinhos, mais ou menos apresentados, iam movimentando este País. Não sou, de modo algum, contra a existência de ricos, mas e os outros...?

Que me importa, portanto se a saia da Carolina tem um lagarto pintado, ou um dragão, ou uma águia ou o que quer que seja!



publicado por oserrano às 17:31
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


posts recentes

...

A Serra da Azinheira

Muito sofre quem é pobre

Cães de raça Portugueses ...

...

Quo Vadis, meu País!

É bom sermos quem somos.

Hipocrisia sem Fronteiras

Pois que seja NATAL

Carro da marca OPEL...NÃO...

arquivos

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds